9.13.2008

5 de cada vez - I

Agora, e de agora em diante, uma ou duas vezes por semana, vou fazer a antevisão de 5 dos 35 filmes que estão para ser votados na pergunta à esquerda sobre o filme que mais entusiasticamente esperam, estes são os 5 primeiros.

The Courious case of Benjamin Button

O novo filme de David Fincher (Seven, FightClub, The Game, Panic Room, Zodiac) é um dos mais antecipados aqui por estes lados, um filme com a participação de Brad Pitt (estou a ouvir uma nomeação?) numa personagem que quando chega a certa idade começa a envelhecer ao contrário, ou seja a ficar cada vez mais novo (isto sinceramente faz-me lembrar o youth without youth do senhor Coppola que esteve nas nossas salas este ano), mas também a senhora que recentemente venceu o oscar de melhor actriz secundária por Michael Clayton, a senhora Tilda Swinton e também a senhora que concorria com ele na mesma categoria com o filme I´m not there a senhora Cate Blanchett.
O argumento do senhor que escreveu Ali, Munich, The Good Shepherd, Forest Gump (com o qual ganhou o oscar), The Insider e que está a escrever o argumento de Shantaram a adaptação do romance em que o senhor Depp vai ser a estrela e a senhora Mira Nair realizará (com tanta coisa não disse que se chama Eric Roth)


Sim, não parece, mas é mesmo o senhor Pitt e acreditem ele fica bem mais velho no filme (oscar de melhor caracterização ?).

Frost/Nixon

Ron Howard que realizou filmes como The Beautiful Mind (com o qual ganhou o oscar de melhor realizador e filme), The Grinch, Splash (aquele da seria com o Tom Hanks), Cocoon e The Missing, faz agora este filme sobre o senhor Frost e o senhor Nixon (e deveria, em vez de um barra, estar um Vs, porque o filme parece um combate de palavras), a ideia é fazer uma entrevista, vários anos depois do escândalo de Watergate e da demissão do Presidente Nixon e de tudo o que isto trás consigo.
Escrito por Peter Morgan o senhor de The Queen, The last King os Scotland e do recente The other Boleyn Girl.
Apesar de não ser grande apreciador do senhor Ron, este filme pode vir a ser uma agradável surpresa.


Miracle at at Anna

Estreado agora em Toronto, o filme do senhor Spike Lee, aquele de The Inside man, Malcom X, Do the right Thing, She hate me, 25th Hour, chega agora o seu 'épico' da segunda guerra mundial sobre um esquadrão americano de negros preso em Itália á mercê dos inimigos. Muito se tem falado da sua duração, o filme tem mais de 165 minutos (2h e 45) , mas o tempo nunca (ou raramente) é algo mau, por outro lado o filme de Fincher também anda a ter problemas, porque a distribuidora quer um filme mais pequeno e o realizador não quer.
Escrito por James McBride no seu primeiro trabalho.


Doubt

Ainda fresquinho, o trailer acabou de sair no site a apple, um dos que mais espero, primeiro porque tem um dos actores preferidos o senhor Seymour Hoffman (The Savages, Happiness, Capote(com o qual ganhou os oscar), Punch-drunk Love, Almost Famous, Magnolia entre tantos outros) e uma das minhas actrizes preferidas a frande senhora Meryl Streep (no recente Mamma Mia, The devil wears Prada, The Hours, A.I., Adaptation, Out of Africa, Kramer vs Kramer e tantos mais) e depois a senhor Amy Adams (a senhora de Enchanted).
Realizado e escrito por John Patrck Shanley o vencedor do oscar de melhor argumento por Moostruck.
Devo dizer que o trailer de Doubt é avassalador, só pelo trailer vale a pena o filme digo, para mais trade recordar, que este filme vai ter uma pipa de nomeações (aposto já para mais de 4).


Rachel Getting Married

Um dos concorrentes ao leão de Ouro agora no Lido e que apesar de tudo, teve uma recepção um pouco fria por parte da crítica, é o novo filme de Jonathan Demme (Silence of the lambs - pelo qual ganhou o oscar-, Philadelphia, Manchurian Candidate (o remake), entre outros) que nos trás um retrato super realista de uma família e sobre a relação tortuosa de duas irmãs, a que se casa e a outra (a ovelha negra) que teve problemas com a droga e está em reabilitação. Tudo filmado com câmara ao ombro como se de uma reportagem de casamente se tratasse; por isto espero muito, mas pelo trabalho de Anne Hathaway espero mais ainda. A menina bonita do recente Get Smart, The Devil wears Prada, The Princess Dairies (1 e 2) entre outros, tem agora, segundo a crítica um papel que faz, por si só, valer o filme. A ver Vamos.

5 comentários:

Fernando Ribeiro disse...

Não te esqueceste do "Quantum of Solace", o novo do 007?

Contudo, o meu voto recaiu em "Vicky Cristina Barcelona". Estou muito curioso quanto a este novo filme de Woody Allen. Já ouvi falar bem, já ouvi falar mal. Enfim, tenho que ver com os meus próprios olhos. Depois, Woody Allen é dos meus realizadores de eleição.

Excelente blog :)

Ricardo disse...

obrigado pelo elogio, e sim eu pensei bastante em por o Quantum of Solance, mas vendo o trailer tenho que dizer que o filme parece mais explosões e pó que um filme mais sério, mas sendo eu um enorme fã vou ver de certeza, agora não acho que ele deva entrar na lista dos 35.

Sim o filme do senhor Allen, é um dos que eu mais espero ainda para mais depois de ouvir a entrevista de Javier Bardem ao Conan O'Brien, ei de publicar aqui no blog quando for a altura certa.

Obrigado e Abraço.

looT disse...

Em "The Courious case of Benjamin Button" a personagem de Brad Pitt não começa a envelhecer ao contrário quando chega a uma certa idade. Ele nasce velho (do tamanho de um bebé mas velho) e começa logo a rejuvenescer com o tempo.
É um dos mais esperados por mim também e depois de focares tantos pontos importantes só acrescento que é baseado na obra de F. Scott Fitzgerald.

Abraço
Desconhecia o novo filme do Phillipe Seymour Hoffman vou estar atentou obrigado ;)

Ricardo disse...

isso eu não sabia, nascer velho deve ser um bocado estranho, principalmente para a mãe.
Imagina lá:
Então o menino tem os cinco dedos das mãos e dos pés?
Sim, sim, só que com umas rugasinhas a mais

looT disse...

Tens toda a razão por isso é que acho que ele é abandonado e criado por outra família.

É um bébé que assusta facilmente as pessoas e provavelmente terá uma infância bem difícil, mas quem sabe depois começa a compensar eheh